Vamos por partes? Primeira etapa, sair dos 100kg!

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Uma história de Sucesso

Resolvi colocar essa matéria no blog por ser um exemplo de persistência e de força de vontade... mais uma pessoa que conseguiu emagrecer, eliminar, abolir da sua vida MUITOS quilos...
Ele é da minha cidade e já o vi algumas vezes na rua...tanto na fase gorda quando agora na fase magra...realmente merece parabéns!
Estava pensando... imagino o tanto que isso faz bem pro ego?
Meninas, sei que a maioria de nós ou pode ser que ninguem, saia em revistas e reportagens, mas estamos no caminho certo... já decidimos emagrecer e nos esforçamos pra que isso aconteça, o resto é só consequência do nosso sacrifício e persistência... nosso ego também vai brilhar por ai, se não em revistas e reportagens, pelas ruas que ainda vamos passar!=]
Tenham um ótimo final de semana!
Ele emagreceu 153kg!
Ricardo eliminou mais de 150 Kg com uma força de vontade infinita e sem fazer cirurgia.
Ele conta por quê: "Cansei de não ser o protagonista da história de minha vida"
POR VLADIMIR MALUF

É ele um engano achar que quem está muito acima do peso só pode resolver o problema com operação.
Se ainda havia alguma dúvida sobre isso, ela acaba aqui.



Ricardo Colombo Rossi, de 28 anos, é a prova de que é possível emagrecer apenas com dieta e atividade física, mesmo depois de estar com obesidade mórbida: com 1,80 m de altura, ele pesava 250 kg e baixou para os 97 kg.
Ele nunca mais recuperou os 153 kg que eliminou há mais de um ano, depois que aprendeu a comer corretamente e a fazer esportes.
Quando Ricardo chegou aos 9 anos de idade começou a engordar. O garoto percebia que pesava mais que seus amigos, no entanto, não tinha consciência de que isso teria conseqüências graves no futuro. "Eu tinha o dobro do tamanho dos meus colegas de escola, mas continuava a comer em demasia", admite. Tudo piorou quando os pais abriram uma lanchonete. "A comida era liberada. Então, eu ingeria porcarias o dia inteiro. Acho que se eu devolvesse tudo o que consumi, meu pai estaria rico", brinca o, hoje, auxiliar administrativo, que chegou a detonar duas pizzas inteiras sozinho, acompanhadas de refrigerantes tradicionais.



Alvo de piadas
Aos 23 anos, se ele subisse na balança, os ponteiros atingiriam dramáticos 250 kg.
Nessa fase, Ricardo dormia sentado, pois não agüentava ficar deitado com todo esse excesso. A mãe queria que ele fizesse dieta, mas o rapaz burlava qualquer cardápio. "Eu detestava ser pressionado, então, não seguia regime algum. Passei a adolescência inteira tomando remédios e nada deu certo", conta. "Lembro que minha mãe chorava diariamente porque estava preocupada comigo".
E não era só ela quem sofria. Ricardo, apesar da simpatia e inteligência, não tinha namorada, era motivo de piada e sentiu na pele o preconceito. "Eu me lembro que fui alvo de brincadeiras porque eu quase não coube no carro da auto-escola".
Hoje o rapaz nem liga para isso: ele aboliu os automóveis de sua vida, mesmo entrando neles com facilidade. Prefere andar a pé por toda a cidade, para ir e voltar do trabalho e passear ou sair à noite.

Ricardo Colombo Rossi
28 anos

CINTURA MANEQUIM Nº DO SAPATO
antes 180 cm 80 48
hoje 100 cm 46 44
altura 1,80 m

emagreceu 153 kg



O basta!
Até que, numa noite de insônia - que não era rara - tomou uma decisão: "Exatamente no dia 26 de outubro de 2003, às 2 h 30 da madrugada, resolvi emagrecer. Comecei a dieta na manhã seguinte", lembra. "Nesse dia, na cama, eu pensava o quanto estava cansado de me privar das coisas por estar obeso. Fugia dos amigos porque me sentia mal em ser o centro das atenções. Ficava trancado em casa em vez de sair, como seria normal para um garoto da minha idade". E continua: "Eu conversava muito com meu cachorro, o Mouse, e escrevia para combater a solidão".
Ricardo sofria ainda com problemas de saúde. "Devido ao excesso de peso, tinha erisipela nas pernas e precisava tomar 7 doses de penicilina e uma de Benzetacil toda semana para lutar contra isso", confessa o rapaz. Esses e outros motivos fizeram com que, na manhã seguinte, ele seguisse o que tinha prometido a si mesmo. No início, foi radical. Passou três meses consumindo apenas um pé de alface no almoço e outro no jantar. Uma loucura! Nesse período, queimou cerca de 10 kg. Porém, começou a sentir-se mal e fraco. Insistiu em comer pouco. Acrescentou às refeições apenas uma batata pequena e continuou a passar mal. Assim, buscou informações sobre alimentação adequada e descobriu que não precisava passar fome. "Passei a comer 6 vezes por dia e continuei a emagrecer sem ter nenhum problema de saúde. Ficou bem mais fácil", ensina Ricardo.
Junto com a dieta, iniciou aulas de judô, na academia Tonyama; hidroginástica e caminhada, nas academias Raia 1 e Pulsação, todas em Araraquara, interior de São Paulo.
Alguns meses depois - já com alguns quilos eliminados -, incluiu à rotina um programa de musculação. E os resultados vieram: em 2 anos e 4 meses, o rapaz exorcizou de seu corpo 153 kg. O jovem, então, procurou um cardiologista para saber como andava a sua saúde. Depois de perder peso, a pressão voltou ao normal e, hoje, ele esbanja disposição para fazer qualquer coisa, inclusive trabalhar, pois, enquanto estava obeso, jamais conseguiu arrumar emprego. "Quem quiser emagrecer, consegue", diz ele. "Sou contra tomar remédios ou fazer cirurgia de estômago. É possível dar fim à obesidade apenas com dieta e atividade física", atesta.
O próximo passo de Ricardo é submeter-se a algumas cirurgias plásticas com o cirurgião Márcio Arantes de Almeida, também de Araraquara (SP), para a retirada do excesso de pele. Então, ele vai ficar com o corpo perfeito. Como se nunca tivesse tido muitos quilos extras em sua vida!

Cardápio diário

CAFÉ DA MANHÃ
● mingau de aveia com banana e adoçante

LANCHE DA MANHÃ
● uma fruta ou uma barra de cereal

ALMOÇO
● 1 concha de feijão
● 1 col. (sopa) de arroz
● 2 ovos cozidos
● 1 bife grelhado
● salada à vontade

LANCHE DA TARDE
● uma fruta

JANTAR
● uma vitamina de frutas com iogurte natural desnatado

CEIA
● um copo de leite desnatado

4 comentários:

K. Willemann disse...

Pois é... essas histórias devem nos servir pra mostrar que tudo é possível com uma pitada de determinação. É um ótimo estímulo!

Beijinhos

AndressA disse...

Antes de eu tomaar uma atitude definitiva de mudança de comportamento alimentar eu ficava horas e horas na net lendo historias de pessoas q conseguiram perder muitooooo mais peso do q eu precisava para me incentivar e acreditar q consigo tambem! Aliás até hj ainda leio porque me dá força e animo!

Bacana vc dividir com agente essa conquista desse homem!

Imagina q vida triste ele levava por ser obeso!!! Agora veio a recompensa graças a determinação e esforço dele.

vamos nos espelhar em pessoas como ele!
beijos
bom findi

Kamila - My life is brilliant disse...

Menina, ele mora na tua cidade e ?? Digo isso porque a gente ve na tv e parece impossivel. Parabens pra ele e com certeza e um otimo estimulo !!

Beijos

@line disse...

Vim retribuir a vistinha e amei seu blog!
Uma história dessas mostra como só dependemos de nós mesmas!!!
Força na RA!!
Bjokas